Senac - Roraima

A educação profissional proporciona recomeços

cópia 1Projeto que ressocializa detentos por meio da produção de objetos feitos com pneus ganha o Senac como parceiro na oferta de cursos gratuitos e na doação regular de pneus.

O Senac firmou parceria com o projeto Agroarrt, que ressocializa detentos da Cadeia Pública, na zona sul de Boa Vista, por meio da confecção de móveis e objetos decorativos feitos com pneus. Os pneus descartados pelo Senac, que antes iam para o aterro sanitário municipal, serão entregues à Cadeia Pública. Cursos gratuitos também serão oferecidos – o primeiro será o de “Representante Comercial”.

Edital 007/18 do PSG tem matrículas abertas

Sobre o Agroarrt

Idealizado pela agente penitenciária Ana Broisler, da Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania (Sejuc-RR), o Agroarrt venceu uma disputa com outros 50 projetos por uma doação de R$7 mil de recursos da Vara de Penais e Medidas Alternativas do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), tendo sido implantado em 7 de outubro de 2017.

24 dos 653 presos da Cadeia Pública em Boa Vista foram escolhidos por não serem ligados a facções criminosas e apresentarem bom comportamento. Eles cumprem penas por crimes variados (de não pagamento de pensão alimentícia a homicídio); e a cada três dias que um deles trabalha, um dia é abatido do total de sua pena. O “expediente” continua mesmo nos feriados (por opção dos presos) e tem até sete horas.

Senac-RR chama a atenção por seu programa de sustentabilidade

Jarros, lixeiras, mesas, cadeiras, vasos e até mesmo uma réplica de jacaré são pintados com motivos temáticos (como times de futebol e desenhos animados) e entregues a uma cooperativa, que é quem comercializa as peças (com preços indo de R$40 a R$1200 cada uma). Em fevereiro deste ano, algumas delas também estiveram expostas nos prédios do TJRR para posterior venda.

A renda obtida é dividida entre 40% para a compra de utensílios para a fabricação de mais produtos e 60% para as famílias dos detentos, pois esses não podem receber dinheiro dentro da Cadeia.

cópia 7

Cópia 33

Cópia 6

 

cópia 5

Produtos feitos pelo Agroarrt
Fotos: Yanna Mesquita/Comunicação Senac RR

Senac e ACNUR firmam parceria para ofertar cursos a refugiados

Apoio

A iniciativa do Senac de apoiar o projeto partiu do presidente da Fecomércio-RR, Ademir dos Santos, após ter sido convidado pela presidente do TJRR, desembargadora Elaine Bianchi, para uma cerimônia onde seriam apresentadas as ações do Agroarrt. A diretora regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Lisiane Carnetti, também esteve na cerimônia e disse que ambos ficaram interessados ao verem que os apenados trabalham com reciclagem e também recebem aulas de canto e violão.

“Nós acreditamos, enquanto escola de educação profissional, que é importante que pessoas nesta situação tenham uma ocupação, para que quando eles saiam tenham mais possibilidades de reintegração”, declarou Carnetti.

Abrigo infantil recebe doações de estudantes de “Costureiro” do Senac

O agente penitenciário e um dos responsáveis pelo projeto, Marcondes Queiroz, disse que mensalmente são necessários 450 pneus para a confecção das peças. Algumas borracharias enviam pneus regularmente, além de instituições governamentais.

Raquel Nascimento, coordenadora administrativa patrimonial do Senac, entregou onze pneus no local na tarde do último dia 4. Ela espera que mais quatro possam ser descartados em setembro. Antes, eles iam para o aterro sanitário municipal, mediante pedido para a Prefeitura de Boa Vista.

Cópia 22
Raquel Nascimento (de preto) e Absaias Santana, da Coordenação de Administração Patrimonial do Senac, entregando pneus aos participantes do Agroarrt
Foto: Yanna Mesquita/Comunicação Senac RR

No momento da doação, todos os reeducandos participantes do Agroarrt estavam presentes. Eles agradeceram e mostraram à equipe do Senac as suas instalações e produtos. Raquel se surpreendeu com a postura deles. “Eles são bastante motivados com a esperança de irem além, foi muito inspirador a gente estar ali podendo ajudar e mostrar a eles que apesar de eles terem feito uma escolha errada no passado, podem voltar e fazer diferente”, pontuou.

Seis dicas de marketing pelo palestrante do Senac Varejo, David Portes

Tanto a doação dos pneus quanto a oferta de cursos gratuitos também foram bem-vindas por Marcondes. A demanda do Agroarrt é extensa: de “Fundamentos do Direito Empresarial e Tributário” a “Gestão Integrada de RH”, passando por “Administração de Novos Negócios”. O primeiro curso disponibilizado pelo Senac será o de “Representante Comercial”, com início previsto para o dia 30 deste mês.

“No Brasil ainda não existe nenhuma cooperativa que recepcione apenados e egressos do sistema penal. O momento vivido pela oficina de reciclagem de pneus é de maturação para se tornar a primeira cooperativa do Brasil formada com este público. Neste ínterim surge a necessidade pontual de cursos que incentivem e motivem as práticas de trabalho autônomo e o Senac vem bem neste momento vivido pelo Agroarrt onde os conhecimentos de mercado, de produção e de venda são fundamentais para o sucesso dessa ideia”, declarou.

Nayra Wladimila
Comunicação Senac RR

Você está aqui: Home Imprensa Notícias A educação profissional proporciona recomeços